terça-feira, 28 de outubro de 2008

Ah, ela!

Ela chegou insinuante no fim de semana, não me lembro bem em que momento do sábado ou do domingo.

Na segunda-feira, passei o dia todo com aquele aperto no peito, a garganta seca, e já no início da noite, sem mais nem porque, lá estava eu na cama com ela. Horas e horas de posições variadas, febre delirante de intenso calor e calafrios.

Na madrugada busquei refúgio fora do quarto, mas lá estava ela, insistindo, volta logo pra cama...

Acordei na manhã desta terça, vim trabalhar, mas já não vejo a hora de ir de novo pra cama, por causa dela.

Vai ser um loooongo dia...

E olha que nem sei bem o nome dela, gripe, virose?
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar. Nem sempre responderei a seus comentários, o que não quer dizer que não os li. Se estão publicados, é porque os vi. Como não pretendo definir este blog como "com conteúdo adulto", a única censura, se houver, será para evitar excessos, em respeito às crianças -- de qualquer idade -- que eventualmente também lêem este blog.